Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O gigante e o cavalo

por Dona professora, em 14.01.15

   Era uma vez um gigante que vivia sozinho num castelo sombrio. Todos os habitantes da aldeia o temiam, pois este, para além de ser enorme, tinha uma grande corcunda nas costas, era muito feio e tinha um aspeto assustador.

   Dizia-se na aldeia que ele comia crianças e usava os seus ossos para decorar as paredes. Comentava-se também que ele torturava os animais, arrancando-lhes as patas antes de os matar. Contudo, nada disto era verdade.

   O gigante era bondoso, mas era também muito infeliz por não ter nenhum amigo e devido à sua aparência. Passava o dia a cuidar das plantas do seu jardim interior, que eram as mais verdes e viçosas de todas.

   Certo dia, cansado de ser olhado de lado e temido por todos, o gigante arrumou as suas coisas e partiu para a montanha, deixando para trás o castelo vazio e as suas queridas plantas. Pretendia recomeçar a sua vida noutro local onde talvez pudesse finalmente fazer amigos.

   Caminhou durante sete dias até que, numa linda manhã, viu surgir diante dos seus olhos um magnífico cavalo branco que disse:

   - Bom dia, grande senhor. O que o traz a esta montanha? Posso ajudá-lo?

   - Tu… Tu… Tu falas? – perguntou o gigante com estranheza.

   - Claro que sim! Tu também não falas?

   - Mas tu és um cavalo. - respondeu o gigante.

   - E tu és um gigante. – disse o cavalo. – Vivo nestas montanhas desde que nasci e sei falar porque fui criado por pessoas. Também sou imortal. Também consigo voar.

   - Há alguma coisa que não consigas fazer, cavalo da perfeição?! – perguntou o gigante em tom irónico.

   - Claro que há. Tenho muita vontade de ter um amigo do coração com quem viajar por este mundo fora e não tenho. Tenho muita vontade de saber todos os segredos desta vida e não sei.

   - Cavalo, eu nem sei nada sobre tantas coisas… Mas gostava de as descobrir e partilhar com um amigo.

   E assim, na manhã do dia seguinte, o cavalo e o gigante partiram rumo ao desconhecido, com mil e uma aventuras emocionantes no horizonte.

 

Sofia Ribeiro, nº17 – 6ºA

Rafael Ribeiro, nº 15 – 6ºA

António Almeida, nº 2 – 6ºA

Madalena Cabral, nº 9 – 6ºA

Jéssica Duarte, nº 11 – 6ºB

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D