Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O mito de Hércules

por Dona Professora, em 24.10.13

Héracles, ou Hércules, foi um dos grandes heróis da Grécia Antiga. Hércules era um semi-deus, devido a ser filho de Zeus e de uma simples mortal chamada Alcmena, que era considerada a mulher mais bela da época. Hércules nasce do encontro de seu pai com Alcmena enquanto a mulher de Zeus, Hera, se encontrava ausente a caçar. 

 

Dono de uma força invejável, Hércules é conhecido pelas suas inúmeras aventuras. Hércules casou com Dejanira, a qual amava muito. Mas certo dia, numa das suas expedições foi ter a uma das terras do centauro chamado Néssus. Hércules pediu a Néssus para ajudar Dejanira a atravessar o rio, dado que ela não conseguia atravessá-lo sozinha. Néssus a meio do rio, decide beijar a mulher de Hércules. Este estava na outra margem de onde assistiu a tudo o que se passou e disparou uma seta que trespassou o coração do centauro. Néssus, antes de vacilar, deu a Dejanira um filtro muito poderoso, que podia causar a morte por envenenamento do seu portador, caso fosse borrifado na roupa. Dejanira guardou o filtro e foi a nado até à margem onde se encontrava Hércules.     

 

Pouco depois, Hércules meteu-se noutra nova aventura, onde salvou uma bela rapariga de nome Íole, levando-a consigo à ilha de Eubéia, onde havia um altar, para fazer sacrifícios a Zeus. Lá, querendo oferecer um sacrifício a Zeus, mandou um mensageiro à sua casa em Traquis para buscar uma túnica. Licás, o mensageiro não só cumpriu a sua missão, como contou a Dejanira toda a aventura de Hércules e falou da bela Íole. Dejanira, encheu o seu coração de ciúmes, e lembrou-se do venenoso filtro de Néssus. Entregou então ao mensageiro a túnica, mas borrifada com tal filtro venenoso.


Ao receber a túnica, Hércules vestiu-a e foi ao altar oferecer o sacrifício a Zeus. Quando lá chegou, começou a sentir no corpo uma dor imensa, como se tivesse vestido uma túnica feita de fogo. Hércules então morreu queimado.   Dejanira achava que a túnica fosse para Íole, e não para Hércules. Ao saber do acontecimento enforcou-se numa árvore. Zeus então transformou seu filho numa das constelações do céu.

 

Ana Rita Tavares, Gustavo Fernandes e Rita Pinto, 8º A

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

subscrever feeds